Sem categoria

Episódio 133

Jesus debate; chega de insensatez

 

JESUS NÃO CONCORDA COM O COMPORTAMENTO DOS ESCRITORES E RELIGIOSOS Mateus 23:1-12; Marcos 12:38-40; Lucas 20:45-47

Ao ensinar, Jesus alertava os seus aprendizes:

– Cuidado com os mestres em religião. Eles vivem fazendo leis e regulamentos que não cumprem, mas querem que outros cumpram. Tudo o que eles fazem é para se exibir para as pessoas. Eles andam de roupas caras e os adornos bem visíveis. Eles fazem questão de ser cumprimentados nas praças e de ocupar os lugares de destaque nas capelas e os lugares de honra nos templos e festas. Eles invadem as casas das viúvas com segundas intenções e, para disfarçar, fazem longas orações. Certamente, eles serão castigados com maior rigor! Os mestres da Lei dos Judeus e os religiosos fazem questão de simular que se assentam na cadeira onde Moisés se sentou. Obedeçam a eles e façam tudo o que eles orientam, mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que falam. Eles colocam pesos sobre os ombros dos outros, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para erguer os deles. Adoram ser saudados nas praças e de serem chamados de Rabi, mas vocês não devem ser chamados de Rabi, pois só tem um mestre entre vocês, e todos os demais são irmãos. Não permitam que chamem vocês de guia, vocês só têm um guia: Cristo. Não chamem ninguém na terra de Pai, nem permitam serem chamados de mestres. O maior entre vocês deve ser ajudante, pois quem quiser se destacar será humilhado, e quem se humilhar será destacado.

CHEGA DE FALSIDADES – Mateus 23:13-39, Lc 13:34

– Coitados de vocês, escritores e líderes religiosos, fingidos! Vocês impedem que as pessoas entrem no Reino dos céus enquanto nem vocês mesmos entram. Dão a impressão de que são santos, fazendo longas orações no meio das ruas, iludindo as viúvas com longas orações. Fingidos! Coitado de vocês, mestres da Lei dos Judeus e religiosos, falsos, porque fazem tudo que podem para mudar o pensamento das pessoas e, quando conseguem, vocês as tornam duas vezes mais miseráveis. Coitado de vocês, guias cegos, pois dizem: “se alguém jurar pelo templo, isto não tem importância; mas se alguém jurar pelo ouro do templo, está obrigado a cumprir seu juramento”. Tapados e insensatos! Qual é mais importante: o ouro ou o templo que santifica o ouro? Vocês também dizem: “Se alguém jurar pelo altar, isto não tem importância alguma; mas se alguém jurar pela oferta que está sobre ele, está obrigado a cumprir seu juramento”. Tapados! Qual é mais importante: a oferta ou o altar que santifica a oferta? Em resumo, aquele que jurar pelo altar, jura por ele e por tudo o que está sobre ele. E o que jurar pelo santuário, jura por ele e por aquele que está nele. E quem jurar pelo céu, jura pelo trono de Deus e por aquele que nele se senta. Coitado de vocês, mestres da lei dos Judeus e religiosos, falsos! Vocês dão dez por cento de tudo que colhem até os condimentos, mas não observam os preceitos mais importantes da Lei dos Judeus: a justiça, a correção e a fidelidade. Vocês devem praticar essas coisas sem esquecer de praticar as demais. Guias tapados! Vocês coam um mosquito e engolem um camelo. Coitado de vocês, mestres da Lei dos Judeus e religiosos, falsos! Vocês limpam o lado de fora do copo e do prato, mas por dentro eles estão cheios de ganância e desejos escusos. Religioso tapado! Limpe primeiro o interior do copo e do prato para que o exterior também fique limpo. Coitado de vocês, mestres da Lei dos Judeus e religiosos, fingidos! Vocês são como túmulos pintados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de imundície. Assim são vocês: por fora parecem justos e santos, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e ruindade. Vocês fazem os túmulos dos videntes, enfeitam os monumentos dos prestigiados para serem reconhecidos e afirmam: “Se tivéssemos vivido no tempo dos nossos antepassados, não teríamos participado do assassinato dos videntes”. Na realidade, vocês estão é depondo contra si mesmos, que são descendentes dos assassinos dos videntes. Vocês estão é agravando a ruindade dos seus antepassados! Cobras venenosas! Perversos! Como vocês vão se livrar da condenação? É por isso que eu estou enviando videntes, sábios e mestres. Alguns de vocês vão matar e crucificar; a outros vão espancar nas capelas e vão perseguir onde quer que forem. Desta forma, vocês vão ser culpados de todo sangue justo derramado na terra, desde o sangue do justo Abel, até o sangue de Zacarias, filho de Baraquias, a quem vocês assassinaram entre o santuário e o altar. Asseguro a vocês que toda a injustiça acumulada nestes séculos vai cair sobre a cabeça desta geração.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *