Sem categoria

Episódios 90,91

O pagamento de impostos

O IMPOSTO PAGO POR JESUS E PEDRO – Mateus 17:24-27; Mc 9:33

 

Quando Jesus e seus aprendizes chegaram a Cafarnaum, os cobradores de impostos do templo vieram a Pedro e perguntaram:

– O mestre de vocês não paga o imposto do templo?

– Sim, ele paga – respondeu Pedro.

Quando Jesus entrou na casa, ele foi o primeiro a tocar no assunto, questionando:

– O que você acha, Simão? De quem os governos da terra devem cobrar impostos, dos nativos ou dos estrangeiros?

– Dos estrangeiros – respondeu Pedro.

Então, Jesus concluiu:

– Então os nativos estão isentos.

Mas, para não desagradar a eles, vá ao mar e jogue o anzol. Tire o primeiro peixe que você pegar, abra a boca dele e você encontrará uma moeda que vale quarenta reais. Use-a para pagar o meu imposto e o seu.

Episódio 91

Quem é o maioral; ciúmes

 

QUEM É O MAIORAL – Mateus 18:1-4; Marcos 9:33-40; Lucas 9:46-50

Ainda estavam em Cafarnaum quando, em casa, Jesus perguntou aos aprendizes:

– O que vocês estavam discutindo no caminho?

Mas eles ficaram em silêncio. Estavam envergonhados porque estavam discutindo sobre quem seria o maior no Reino dos céus. Jesus conhecia os seus pensamentos. Quando se sentaram, Jesus chamou os doze e disse:

–Se alguém quiser ser o primeiro, deverá ser o último e ajudante de todos.

Pegou uma criança e a colocou no meio deles. Tomando-a pelos braços, instruiu os aprendizes:

– Quem recebe com carinho esta criança por minha causa é como se recebesse a mim; e quem recebe a mim, recebe quem me enviou para o planeta Terra. Eu asseguro a vocês que, a não ser que vocês mudem de vida e se tornem como crianças, nunca vão entrar no Reino dos céus. Portanto, quem se faz humilde e inocente como esta criança, este é o maior no Reino dos céus.

CIÚMES – Marcos 9:38-39

– Mestre – disse João – vimos um homem repelindo maus espíritos usando o teu nome e tentamos impedi-lo porque ele não era um dos nossos.

– Não o impeçam – recomendou Jesus. – Ninguém que faz um milagre usando o meu nome pode falar mal de mim logo em seguida; quem não é contra nós, está a nosso favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *