Sem categoria

Episódio 145

Palavras de adeus

 

PALAVRAS DE ADEUS E ORIENTAÇÕES FINAIS – João 13:33 -38; 14:1-31

 

– Meus filhinhos, vou estar com vocês apenas mais um tempinho. Vocês vão procurar por mim e, como eu disse aos líderes judaicos, agora digo a vocês: para onde eu vou, vocês não podem ir. Uma nova ordem eu dou para vocês: amem uns aos outros como eu amei vocês. Se agirem assim, os outros identificarão que vocês são meus aprendizes. Não fiquem desanimados. Acreditem em Deus; acreditem também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu não diria para vocês. Vou primeiro para preparar os lugares de vocês. Se eu for e preparar o lugar para vocês, garanto que eu vou voltar e levar vocês para mim, para que vocês estejam onde eu estiver. Vocês conhecem o caminho para onde vou.

Tomé questionou:

– Senhor, não temos nem ideia para onde você vai; como então podemos saber o caminho?

Atestou Jesus:

– Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém pode chegar ao Pai celestial a não ser por meu intermédio. Se vocês realmente me conhecerem, conhecerão também meu Pai.

Insiste Filipe:

– Senhor, mostra-nos o Pai celestial e isso nos bastará.

Jesus explica:

– Você não me conhece, Filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê ao Pai celestial. Não faz sentido você pedir que eu te mostre o Pai celestial. Você não acredita que eu estou dentro do Pai e que o Pai está dentro de mim? As palavras que eu profiro não são propriamente minhas. Pelo contrário, o Pai celestial, vivendo dentro de mim, é quem realiza tudo por meu intermédio. Acreditem em mim ou, no mínimo, acreditem por causa dos milagres que me viram fazer. Acreditem: aquele que acredita em mim fará também os mesmos milagres e coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai celestial e eu vou fazer o que vocês pedirem por minha causa, para que o Pai celestial seja engrandecido por meio do Filho. Tudo o que vocês pedirem por minha causa, eu vou atender. Se vocês me amam, obedecerão às minhas orientações. Eu vou pedir ao Pai celestial e ele enviará outro conselheiro para estar e orientar vocês para sempre, o Espírito Santo, o Espírito que conduz a toda verdade. As pessoas comuns não conseguem recebê-lo, porque não o veem nem o conhece. Mas vocês o conhecem, pois ele vive dentro de vocês e vai continuar presente em vocês. Não vou abandonar vocês ou deixá-los órfãos; eu vou voltar para estar com vocês novamente. Dentro de pouco tempo o mundo já não me verá mais, mas vocês me verão. Porque eu vivo, vocês também viverão. Quando esse dia chegar, vocês vão entender que eu estou dentro de meu Pai celestial, vocês estão dentro de mim e eu estou dentro de vocês. Quem observa as minhas orientações, esse é o que me ama de verdade. Quem me ama será amado por meu Pai celestial e eu também vou amar essa pessoa e me revelar a ela.

Intrigou-se Judas (não o Iscariotes):

– Senhor, mas por que você vai se revelar a nós e não ao mundo todo?

Jesus explica:

– Por que só vou me revelar a quem me ama e observa a minha mensagem. Meu Pai celestial vai amar essa pessoa, para quem vamos nos manifestar e fazer morada dentro dela. Quem não me ama, não observa a minha mensagem. Essa mensagem que vocês estão ouvindo não é minha, é do meu Pai celestial, que me enviou para o planeta Terra. Estou fazendo essas revelações para vocês enquanto ainda estou com vocês. Mas o conselheiro, o orientador que o Pai celestial enviará para me representar ensinará todas as coisas a vocês e fará vocês se lembrarem de tudo o que eu ensinei a vocês. Deixo com vocês a paz de espírito; a minha paz deixo dentro de vocês. Não dou a paz passageira, como o mundo dá. Portanto, não andem ansiosos nem tenham medo de nada. Vocês me ouviram afirmar: vou, mas volto novamente para vocês. Se vocês me amassem, ficariam contentes porque vou para o Pai celestial, pois o Pai é maior do que eu. Eu disse isso agora para vocês, antes que isso aconteça, para que, quando acontecer, vocês acreditem. Mas agora não tenho muito tempo para falar com vocês, pois o príncipe do mal deste mundo está vindo. Ele não tem poder sobre mim. Mas eu me submeterei de espontânea vontade para que o mundo saiba que amo o Pai celestial e que faço exatamente o que Ele me ordenou. É hora de sairmos daqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *