Sem categoria

Episódio 138

O empregado fiel; a ilustração das dez noivas; a ilustração do investimento

O EMPREGADO FIEL

 

– Quem é o empregado fiel e sensato que recebe a incumbência do patrão de tomar conta da casa e cuidar do seu patrimônio? Feliz do empregado que o patrão encontrar fazendo corretamente suas obrigações. Garanto que ele vai deixar todos os seus bens sob sua responsabilidade. Mas suponham que ele seja um empregado relaxado e imagine que seu patrão está demorando para voltar e começa, então, a tratar mal seus empregados e se entregar à farra e bebedeira. O seu patrão vai voltar num dia e hora em que ele não espera e não sabe. Então ele vai castigá-lo duramente quando chegar inesperadamente e vai condená-lo à cadeia, onde sofrerá duramente.

A ILUSTRAÇÃO DAS DEZ NOIVAS

– O Reino dos céus pode ser comparado com as dez noivas que pegaram suas lamparinas e saíram para se encontrar com o noivo. Cinco delas eram imprudentes, e cinco eram prudentes. As imprudentes pegaram suas lamparinas, mas não levaram óleo suficiente para chegar até o noivo. As prudentes levaram óleo extra juntamente com suas lamparinas. Os noivos demoraram a chegar, e todas ficaram com sono e adormeceram. À meia-noite, alguém gritou avisando que os noivos estavam para chegar e que elas fossem ao encontro deles! Todas as noivas acordaram e foram preparar suas lamparinas. As imprudentes pediram às prudentes que as emprestassem um pouco do óleo, pois suas lamparinas estavam se apagando. As prudentes se recusaram com receio de não terem o suficiente para si e para elas e recomendaram que elas fossem ao comerciante de óleo e comprassem o que precisavam. Quando as imprudentes saíram para comprar o óleo, chegaram os noivos. As noivas que estavam preparadas entraram com eles para a festa de casamento e a porta se fechou. Mais tarde, vieram as imprudentes e imploraram que abrissem a porta para elas. Mas os noivos responderam que não as conheciam. Portanto, estejam alertas, pois vocês não sabem o dia nem a hora em que o Deus-humano vai voltar!


A ILUSTRAÇÃO DO INVESTIMENTO– Mateus 25: 14-30

 

” O Reino dos Céus pode ser comparado também com um sujeito que, ao sair de viagem, convocou seus empregados e entregou os seus bens para eles administrarem.

A um deu cinco notas de dinheiro, a outro duas, e a outro uma. Deu  a cada um de acordo com a sua competência. Em seguida partiu de viagem.

O que tinha recebido cinco notas saiu imediatamente, aplicou  no comércio, e ganhou mais cinco.

O que tinha duas trabalhou duro e ganhou mais duas.

Mas o que tinha recebido uma nota  cavou um buraco no chão e enterrou o dinheiro para que ficasse bem guardado e seguro para  o seu patrão .

Depois de muito tempo, o patrão voltou e começou a acertar contas com eles.

O que tinha recebido cinco notas apresentou as outras cinco e disse: ‘O senhor me confiou cinco notas;  eu lucrei mais cinco’.

O patrão reagiu, entusiasmado: ‘Muito bem, ajudante bom e fiel! Você foi fiel em negociar essa pequena quantia; portanto,  eu vou dar mais atribuições para você. Pode começar !’

O que tinha recebido duas notas disse: ‘O senhor me confiou duas notas; eu ganhei mais duas’.

O patrão reagiu, entusiasmado: ‘Muito bem, ajudante bom e fiel! Você foi fiel com essa pequena quantia; eu vou dar mais atribuições para você. Vou dar muito mais a você!’

Por fim, veio o que tinha recebido uma nota e titubeou: ‘Eu sabia que o senhor é um patrão severo, que colhe onde não plantou e ajunta no celeiro o que não semeou.

Por isso, fiquei receoso e enterrei o que você me deu no chão. Tome de volta o que é seu’.

O patrão respondeu, contrariado: ‘Ajudante mau e relapso! Você sabia que eu colho onde não plantei e ajunto no celeiro o que não semeei?  Que sou um investidor.

No mínimo, você devia ter depositado o meu dinheiro no banco, para que, quando eu voltasse,  recebesse a mesma quantia com juros.

‘Tirem o dinheiro dele e deem ao que tem mais.

Pois esse é o princípio:  quem tem, vai ter mais, e em grande quantidade. Mas quem não tem, até o que tem vai ser tomado dele.

Despeçam o empregado inútil, e joguem ele na cadeia escura onde vai haver muitas perdas. “

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *