Sem categoria

Episódio 112

O administrador esperto

O ADMINISTRADOR ESPERTO – Lucas 16:1-18

 

Jesus contou outra ilustração aos seus aprendizes:

– Um administrador foi acusado de estar desperdiçando os bens de um empresário rico. Então o empresário o chamou e perguntou: “Que estória é esta que estou ouvindo sobre você? Preste contas da sua administração porque você será demitido”. O administrador pensou consigo: “Meu patrão está me despedindo. O que vou fazer? Não tenho ânimo para trabalhar e tenho vergonha de mendigar. Já sei o que vou fazer para que, quando perder o meu emprego aqui, os favorecidos me recompensem”. Então ele chamou cada um dos devedores do seu patrão. O primeiro devia cem barris de azeite. Ele deixou que ele pagasse apenas cinquenta. O segundo devia cem balaios de trigo. Ele permitiu que ele pagasse apenas cinquenta. Mesmo assim, o patrão elogiou o administrador desonesto, porque ele agiu com esperteza. Conclusão: as pessoas naturais deste mundo são mais espertas do que as pessoas que vivem na espiritualidade. É nesse sentido que eu oriento a vocês: usem a riqueza deste mundo mau para fazer amigos, de forma que, quando ela acabar, os beneficiados recebam vocês de braços abertos. Por outro lado, quem é fiel no pouco, também é fiel no muito, e quem é desonesto no pouco, também é desonesto no muito. Assim, se vocês não forem capazes de lidar com as riquezas ilícitas, como vão confiar a vocês as riquezas legais? E se vocês não forem dignos de confiança em lidar com o que é dos outros, como vão assumir responsabilidade em lidar com o que é de vocês? Nenhum empregado pode servir a dois patrões, senão acaba detestando um e sendo leal com o outro, ou se dedicará mais a um do que a outro. Não se pode servir a Deus e ao Dinheiro.

Os religiosos, que amavam o dinheiro, ouviam tudo, em silêncio, e caçoavam de Jesus. Ele os contestou:

– Vocês são que querem se justificar perante os outros, mas é Deus quem conhece os corações de vocês. Aquilo que tem muito valor para os seres humanos é detestável aos olhos de Deus. As Lei dos Judeus e e as mensagens dos videntes duram até aqui. Daqui pra frente, João anunciou a mensagem do Reino de Deus. Isso não quer dizer que a Lei perdeu a sua força e vigência. Nada nela pode ser mudado. Quem largar sua mulher por outra comete um deslize e quem largar uma desprezada por causa de seu ex-marido também erra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *