Sem categoria

Episódio 113

 Episódio 113

LAZÁRO E O RICO – Lucas 16:19-31

Jesus continuou ensinando por ilustrações:

– Existia um sujeito rico que se vestia na moda e dava banquetes requintados todos os dias. Na frente de seu portão foi deixado um mendigo chamado Lázaro, coberto de feridas. Lázaro ficava doido para comer o que caía da mesa do rico enquanto os cães vinham lamber as suas feridas. Um dia, Lázaro morreu e os anjos o levaram para perto de Abraão. O rico também morreu. No além, o rico vivia atormentado. Olhando para cima ele viu Abraão de longe, com Lázaro ao seu lado. Agoniado, ele implorou: “Pai Abraão, tem piedade de mim e manda que Lázaro molhe a ponta do dedo na água e refresque a minha língua, porque estou sofrendo muito neste calor. Mas Abraão contestou: “Filho, lembre-se de que durante a sua vida você ganhou tudo o que você queria, enquanto que Lázaro não ganhou nada. Agora, ele está sendo bem cuidado aqui e você está em sofrimento. Além disso, entre você e nós existe um grande abismo: é impossível passar do nosso lado para o seu ou do seu lado para o nosso lado”. O homem rico insiste: “Então eu imploro a você, pai Abraão: manda Lázaro ir à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos em minha família. Deixa que ele os avise que não venham também para este lugar de tormento. Abraão respondeu: “Eles têm Moisés e os videntes; que ouçam as palavras deles”. Mas o homem insistiu: “Não, pai Abraão, por favor, eles não se darão ao trabalho de ouvir, mas se alguém for mandado dos mortos, eles deixarão de praticar coisas erradas”. Abraão respondeu com firmeza: “Se não conseguem ouvir a Moisés e aos videntes, muito menos se deixarão convencer, ainda que seja mandado alguém dos mortos’ “.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *