Sem categoria

Episódio 63

Episódio 63

O milagre dos pães

 

OS PRIMEIROS MILAGRES DOS PÃES – Mateus 14:13-21; Marcos 6:30-44; Lucas 9:10-17; João 6:1-15

Quando ficou sabendo disso, Jesus retirou-se de barco sozinho para um lugar deserto. Ao ficarem sabendo disso, as multidões saíram das cidades e o seguiram a pé. Quando Jesus saiu do deserto, uma grande multidão estava esperando por ele. Havia muita gente indo e vindo que não tinha nada para comer. Triste, Jesus os convidou:

– Venham comigo para um lugar tranquilo e vamos descansar um pouco.

Olhou bem para as pessoas e teve piedade ao notar que elas viviam como ovelhas dispersas. Inspirado e emocionado, começou a ensinar muitas coisas a elas e curar os seus doentes.

Cansado, Jesus convidou os aprendizes para se retirarem para um lugar isolado. Partiram a outra margem do Mar da Galileia, ou Tiberíades, para a cidade de Betsaida. Muitos o viram partir e foram atrás. Era tardezinha quando seus aprendizes se aproximaram dele e reclamaram:

– Este é um lugar deserto e já é muito tarde. Mande embora o povo para irmos aos povoados vizinhos comprar alguma coisa para comer.

Mas Jesus os rebateu:

– Vocês é que deveriam dar alguma coisa para eles comerem.

Eles contestaram:

– Precisaríamos de uma fortuna! Será que faz sentido gastarmos tanto dinheiro assim em alimentação?

Jesus provocou Filipe:

– Onde podemos comprar pão para esse povo comer?

Fez essa pergunta apenas para testá-lo, pois já tinha em mente o que iria fazer. E então, quando a noite começou a cair, Jesus perguntou:

– Quantos pães vocês têm? Verifiquem.

– Está muito tarde. Despeça a multidão para que vá às vilas procurar pousada e comprar alimento.

Jesus contestou:

– Não é preciso eles irem embora.

Seu aprendiz, André, irmão de Simão Pedro, interrompeu:

– Tem um rapaz aqui que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos, o que é basicamente nada para tanta gente!

Calmamente, Jesus ordenou:

– Mandem o povo se assentar em grupos na relva e tragam o rapaz aqui.

Havia muita relva naquele lugar, e todos se sentaram. Eram cerca de cinco mil pessoas, entre homens, mulheres e crianças, e todos se sentaram em grupos de cem e de cinquenta. Então, Jesus pegou os cinco pães e os dois peixes e, olhando para o céu, agradeceu e partiu os pães. Em seguida, os passou aos seus aprendizes para eles servirem ao povo. O mesmo fez com os dois peixes, dividindo-os entre todos.

Depois que todos se fartaram, ele instruiu a seus aprendizes:

– Juntem os pedaços que sobraram. Não vamos desperdiçar nada.

Ao final, os aprendizes recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e de peixe.

Depois de ver o milagre que Jesus tinha realizado, o povo afirmava que certamente ele era o vidente que estava prometido de vir ao mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *