Sem categoria

Episódio 73

Liberdade de verdade

LIBERDADE DE VERDADE

Jesus disse aos judeus que acreditaram nele:

– Se vocês continuarem crendo, firmes e praticantes da minha mensagem, é porque são meus aprendizes de verdade. Vocês vão conhecer a verdade, e essa verdade os libertará.

Eles questionaram:

– Somos descendentes de Abraão e nunca fomos escravos de ninguém. Como então você diz que vamos ser livres, se já somos?

Jesus explicou:

– Entendam: todos que vivem cometendo deslizes são escravos, pois são dependentes desses deslizes. O escravo não tem direitos na família, mas o filho tem todos os direitos. Portanto, se o Filho libertar vocês, vocês de fato serão livres. Eu sei que vocês são descendentes de Abraão, mas querem me matar, porque não têm condições de entender a minha mensagem. Eu estou relatando a vocês o que vi quando vivia na presença do Pai Celestial, e vocês fazem o que ouviram do pai de vocês.

– Abraão é nosso pai – contestaram eles.

Ao que Jesus retrucou:

– Se vocês fossem realmente filhos de Abraão, fariam as coisas boas que Abraão fez. Mas vocês querem me matar só porque eu falei a vocês a verdade que ouvi de Deus; Abraão não agiria assim. Vocês estão fazendo apenas as obras do legítimo pai de vocês.

Protestaram eles:

– Nós não somos bastardos. O nosso Pai legítimo é Deus.

Jesus novamente contestou:

– Se Deus fosse o Pai de vocês, vocês me receberiam de braços abertos, pois eu vim de Deus e agora estou aqui. Eu não vim por minha conta, mas pelo Deus legítimo que me enviou para o planeta Terra. Por que a minha linguagem não é clara para vocês? Porque são insensíveis em ouvir o que eu canso de falar. Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e fazem a vontade dele. Ele foi matador desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é o pai da mentira. É por isso que vocês não acreditam em mim, porque eu digo a verdade! Por acaso, algum de vocês pode me acusar de alguma coisa errada? Se estou falando a verdade, porque vocês não acreditam em mim? Quem é de Deus ouve e entende o que Deus diz. Vocês não conseguem ouvir, porque não são da parte de Deus.

Os judeus se indignaram ainda mais:

– Será que não temos razão em afirmar que você é samaritano e está com um espírito mau?

Jesus contestou:

– Não estou com um espírito mau! Pelo contrário, honro a meu Pai, e vocês me desonram. Não busco honrarias para mim mesmo; mas vocês são reprovados pelos seus próprios comportamentos. Asseguro a vocês: quem observar a minha mensagem, nunca passará pela morte.

Os judeus ficaram ainda mais irritados:

– Agora temos a convicção de que você está com um espírito mau! Até Abraão morreu, bem como os videntes, mas você afirma que quem observar a sua mensagem nunca passará pela morte. É demais! Por acaso, você é maior do que nosso pai Abraão? Ele morreu, bem como os videntes. Quem você pensa que é?

Jesus continua, sereno:

– Se estivesse buscando honraria para mim mesmo, isto não teria valor algum. Meu Pai, que vocês dizem ser o Deus de vocês, é quem me honra e me dá poder. Vocês não têm intimidade com ele, mas eu tenho e conheço a Sua mensagem. Abraão, o pai de vocês, se alegrou quando soube que eu viria para este mundo.

Questionaram os judeus:

– Você ainda não tem cinquenta anos, como conheceu Abraão?

Jesus foi categórico:

– Eu afirmo a vocês que antes de Abraão existir eu já existia!

Furiosos, eles pegaram pedras para jogar nele, mas Jesus escondeu-se e saiu do templo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *